Matéria Desenvolvida por:
Michael Serra - Taizen Saint Seiya.

Fonte
:

Antiga Matéria de Axel - CDZPIC
Wikipédia - en.wikipedia.org

 
 
 

Astrologia e as Urnas dos Cavaleiros de Ouro

 

 

 

Todos conhecem de cor e salteado os 12 Cavaleiros de Ouro e suas respectivas constelações/armaduras. Astronomicamente foram inspirados no Zodíaco, mas e astrologicamente? Saint Seiya também faria alusões astrológicas a seus personagens, especificamente os guerreiros dourados? Bem, como ambos os temas possuem muitas interligações costuma-se também fazer alusões astrológicas aos personagens, porém nada de forma oficial... até agora.

Tomo por base para esta matéria um artigo que vi de um site espanhol produzido por Axel, e que em breve fará parte da CDZPIC, onde lá vi algo que me pareceu deveras curioso. No mangá 13 da edição nacional, página 82, surge essa cena ilustrada acima. Ela passaria despercebida não fosse alguns meros detalhes. 

Reparem bem nesta imagem:

 

 

Se não achou nada de estranho, clique sobre a imagem. 

O símbolo que surge sob o carneiro é um distintivo de origem astrológica. É o símbolo do planeta Marte, assim como do deus Romano da Guerra (Ares para os gregos). Da mesma forma, surgem outros símbolos nas caixas-de-pandora restantes. Todas ilustram "planetas" que exercem "regência" sobre os signos. Mas você pode pensar: -"Não são somente nove planetas e doze sígnos?". Sim, de fato, e para piorar não se considera a Terra nesta classificação, então só nos resta oito. Como Kurumada, e influenciado pelo que ele distribuiu os símbolos astrológicos pelas urnas sagradas?

Entretanto, a astrologia é uma ciência (ciência?) antiga. Tais trabalhos surgiram antes do entendimento do mundo esférico, etc... Logo, para estes estudos, Sol e Lua também são planetas. Assim aumenta para dez as possibilidades, mas para complicar ainda mais, no passado não se sabia da existência de planetas como Urano, Netuno e Plutão. Logo temos então 7 planetas para 12 signos. 

Isto tudo é dito pela astrologia clássica. A moderna evoluiu com os descobrimentos, Os novos planetas foram incorporados e, formando um total de 10 distintivos foram utilizados por Kurumada da seguinte forma:

 

ÁRIES - Marte

CÂNCER - Lua

LIBRA - Vênus

CAPRICÓRNIO - Júpiter

TOURO - Vênus

LEÃO - Sol

ESCORPIÃO - Plutão

AQUÁRIO - Urano

GÊMEOS - Mercúrio

VIRGEM - Mercúrio

SAGITÁRIO - Saturno

PEIXES - Netuno

 

Por que motivos a distribuição é feita desta forma? Por que causa Gêmeos e Virgem; Touro e Libra possuem os mesmos regentes, aliás, porque justos estes sígnos apresentam sinais repetidos?

Para entendermos isto temos que entender uns princípicos básicos da Astrologia. 

 

A Astrologia Ocidental usa como base os 12 Sígnos do Zodíaco Tropical, tendo como ponto de partida a junção do Equinócio da Primavera (quando a Terra se encontra a meia distância do Sol e quando seu eixo de inclinação não está tão agudo como no inverno ou verão) com a Eclíptica, a linha do equador imaginária do caminho traçado pelo Sol. Esta coordenada é Áries. 

Vale ressaltar que a região celeste onde se encontra o Sígno de Áries não é onde se encontra a Constelação de Áries. Existe uma ligeira defasagem devido a relação do movimento de rotação da Terra com os nossos calendários, o que acarreta a diferença entre Dia Solar e Dia Sideral. Explicando melhor, Se estamos em um ponto A na Terra, e começamos a contar o tempo de rotação de nosso planeta em relação ao sol e a uma estrela distante, depois de 23 horas, 56 minutos e 4 segundos completaremos uma volta em relação a estrela distante, mas ainda não completaremos uma volta em relação ao sol, faltando menos de 1 grau ainda para isso. A volta só esterá completa cerca de 4 minutos depois... 

Assim, como os sígnos tem como base as estrelas distantes, e nosso calendário o Sol, com o passar do tempo as coordenadas vão ficando distorcidas. Ao ponto de uma reforma de calendário realizada pelo Papa Gregório simplesmente declarou nao existir 13 dias vindouros de um ano e instituiu-se o ano bissexto para corrigir a situação, mas já era tarde, com o Equinócio não mais "batendo" com o ponto original da Eclíptica, que era na Constelação de Áries. Agora este ponto de junção inicial para a contagem dos sígnos se encontra na Constelação de Peixes. O.o Estranho né... Peixes atualmente é que deveria ser citado como o primeiro sígno astronomicamente falando (astronomicamente, e nao astrologicamente) hehe. 

Deste modo, o Sígno de Áries se encontra na Constelação de Peixes, Touro na Constelação de Áries... nossa! Por ai vai... 

A tabelinha explica melhor:

 

Sígno 
Clássico
Datas do Sol 
(Dia Solar)
Constelação Atual
(Base Ano 2000)
Datas do Sol 
(Dia Sideral)
Áries 21/03 - 19/04 Peixes (12/03-18/04) 14/04 - 14/05 (Original Touro)
Touro 20/04 - 20/05 Áries (19/04-13/05) 15/05 - 14/06 (Original Gêmeos)
Gêmeos 21/05 - 20/06 Touro (14/05-19/06) 15/06 - 16/07 (Original Câncer)
Câncer 21/06 - 22/07 Gêmeos (20/06-20/07) 17/07 - 16/08 (Original Leão)
Leão 23/07 - 22/08 Câncer (21/07-09/08) 17/08 - 16/09 (Original Virgem)
Virgem 23/08 - 22/09 Leão (10/08-15/09) 17/09 - 17/10 (Original Libra)
Libra 23/09 - 22/10 Virgem (16/09-30/10) 18/10 - 16/11 (Original Escorpião)
Escorpião 23/10 - 21/11 Libra (31/10-22/11) 17/11 - 15/12 (Original Sagitário)
-

-

Ofiúco (23/11-29/11)

-

Sagitário 22/11 - 21/12 Escorpião (30/11-17/12) 16/12 - 14/01 (Original Capricórnio)
Capricórnio 22/12 - 19/01 Sagitário (18/12-18/11) 15/01 - 12/02 (Original Aquário)
Aquário 20/01 - 18/02 Capricórnio (19/11-15/02) 13/02 - 14/03 (Original Peixes)
Peixes 19/02 - 20/03 Aquário (16/02-11/03) 15/03 - 13/04 (Original Áries)

 

Datas do sol no caso significa quando que o Sol passa por aquele sígno ou constelação. 

- "Engraçado pensar que, o Cavaleiro do Sígno de Áries seria regido pela constelação de Peixes. O.O

Ou sei la.. o Cavaleiro da Constelação de Áries ser do Sígno de Touro. O.õ". 

- "Calma, relaxa haha, obviamente uma Ordem como a de Atena, erguida a milênios, não seguiria as normas da astrologia moderna, oras... Então Áries continua sendo Áries e pronto hehe. XD". 

Vejamos o dia padrão do Equinócio da Primavera, 21 de março, dia inicial clássico para um ariano, mas neste dia, o Sol (dia sideral) está na Casa de Peixes. Então, caso olhe para o céu durante uma noite limpa, ao contrário do que muitos pensam, não estará brilhando no topo do céu a constelação de Peixes, mas sim a constelação equivalentemente oposta: Virgem, pois o sol, do outro lado o mundo, de dia, está ofuscando Peixes. E bem, a constelação que estiver a leste, na nascente do sol, será o sígno ascendente.

Do mesmo modo que temos o Sol em Peixes, temos também a Lua em algum lugar da eclíptica, Mercúrio, Vênus, etc... (Curioso é Plutão, que raramente se encontra na "linha" eixo do sistema solar, pois sua órbita é um tanto inclinada ao plano). E pode ter certeza, calcular isso é coisa pra astrônomo profissional hehe. De acordo com a Astrologia Ocidental Tradicional cada sígno é regido por um planeta (e assim voltamos ao assunto inicial do artigo):

 

ÁRIES - Marte

CÂNCER - Lua

LIBRA - Vênus

CAPRICÓRNIO - Saturno

TOURO - Vênus

LEÃO - Sol

ESCORPIÃO - Marte

AQUÁRIO - Saturno

GÊMEOS - Mercúrio

VIRGEM - Mercúrio

SAGITÁRIO - Júpiter

PEIXES - Júpiter

 

Opa, a lista não bateu com a anterior usada em CDZ. Motivo simples, Kurumada não usa a Lista Tradicional, mas sim a Moderna, corrigida após o acréscimo do ano bissexto e as descobertas de novos planeta...

 

ÁRIES - Marte

CÂNCER - Lua

LIBRA - Vênus

CAPRICÓRNIO - Júpiter

TOURO - Vênus

LEÃO - Sol

ESCORPIÃO - Plutão

AQUÁRIO - Urano

GÊMEOS - Mercúrio

VIRGEM - Mercúrio

SAGITÁRIO - Saturno

PEIXES - Netuno

 

Não há motivos claros e distintos do porque a classificação é deste modo. Mas, astrologicamente, quando o planeta regente de seu sígno está atravessando a casa do sígno oposto, diz-se que o 'portador' está debilitado, em uma situação complicada, bla bla bla... E fortalecido quando for o contrário. Classificam como pessoas especiais aqueles que nascem com o planeta regente de seu sígno, de sua constelação, justamente na casa de seu sígno, o que é meio raro, pois é uma situação de eclipse (alinhando a Terra com o Sol à frente do planeta, à frente da constelação).

-"O Planeta seria meio que o catalisador do poder das estrelas? Focalizando através do planeta e do sol, como uma lupa, o escolhido?"

Seria o caso dos Cavaleiros de Ouro?

Afinal estes guerreiros são predestinados... O que os diferenciariam dos Cavaleiros de Prata e Bronze, cosmicamente falando? Pois estes últimos também possuem signos.

Dúvido que o Kurumada tenha pesquisado dados astrônomicos de profissionais para elaborar meras datas de nascimento destes personagens, e mesmo que tenha pesquisado, não é nada provável que tenha ocorrido 12 alinhamentos deste tipo no intervalo de nascimento do Cavaleiro de Ouro mais velho e do mais jovem... (além de que os cálculos também envolveriam as horas de nascimento). Seria absurdo demais crer nisso.

Contudo, mesmo que ele não tenha pesquisado isso, mesmo que seja impossível, parece que foi justamente essa a intenção do autor ao sugerir os simbolos clássicos da astrologia nas urnas de cada Armadura, pois astrologicamente a relação entre esses simbolos significa "ao pé da letra" EXATAMENTE isso. Uma simples alusão, que da mais ênfase a noção de cosmos... que explicaria talvez o porque eles serem tão especiais.

*Obviamente descontando o fato da disparidade atual, onde o signo não representa mais a constelação.

1