AUTOR:
Michael Serra - Taizen Saint Seiya.

 O DESAFIO DE ÉRIS

 

 

Antes de tudo, foi bem difícil transcrever essa imagem. Bem, eu não duvidaria nada se errasse, a princípio, alguma letra. Ainda assim, parece um texto em grego bem produzido, pois apresenta toda a acentuação e pontuação tradicional. 

 

Vamos nessa:

 

Εχω παρεν την Αθηνα

πριν την δυση ταυ ηλιου

ελα στην Ινοκουμα στο περασμ

τισ Χοκκαιδο

Εα την παρξις

 

Transcrevendo ao latinizar:

 

Echo paren ten Athena

prin ten dyse tau heliu

ela sten Inokuma sto perasm_

tis Hokkaido

Ea ten parxis.

  

O que consegui traduzir mais ou menos como:

 

Mantenho presa Atena

Até antes do pôr-do-sol

venham à Inokuma, nos confins

de Hokkaido.

Ou [ela] deixará de existir.

 

A última linha foi traduzida somente a algo próximo do correto, pois a palavra 'parxis' parece ser derivada de 'iparxis', esta significando existência. Como 'parxis' não se encontra em nenhum dicionário (apesar de encontrá-la em sites por ai, pesquisando no google). Isto me leva a crer que deve ser alguma conjugação do verbo irregular existir. Ou mais especificamente, "deixar de existir", ou "inexistência", pois esta curta frase não tem outras palavras que ajudem em sua compreensão. 

 

Seria mais ou menos: "Ou sua existência" (ou inexistência). Como o sentido básico do aviso de Éris era uma ameaça, parece-me que isto cai como uma luva. Mas enfim, vamos ao legal da história...

 

O Templo de Éris então fica em Inokuma, na região de Hokkaido?

 

Sim. Em uma rápida pesquisa nosso companheiro Allan conferiu que, no Artbook sobre o filme, a Ilha de Hokkaido é descrita como o local de onde emerge o templo da deusa. (Não que originalmente o templo mítico sempre fosse lá, talvez Éris tenha a capacidade de erguê-lo em qualquer lugar a seu bel-prazer).

 

Mas por que especificamente a produção escolheu esta grande ilha ao norte do Japão? Haveria talvez algum mito local sobre algo equivalente? A princípio não posso responder esta pergunta pois me faltam dados sobre. 

 

E o que seria Inokuma? Bem, no começo tentei traduzir esta palavra como se fosse um substantivo comum e no fim não consegui obter tradução para ela. Quando entendi o sentido geral da frase em questão me pareceu então que era um substantivo próprio mesmo. De qualquer forma tentei localizar algo em Hokkaido com este nome e nada encontrei por enquanto... 

 

Tenho que levar em consideração que as duas primeiras letras da palavra estão meio confusas. Enfim, qualquer maior detalhe que porventura viermos a descobrir será exposto aqui eventualmente.