AUTOR:
Allan M. F. - Taizen Saint Seiya.

Fonte e Créditos Gerais:
Panfleto do Filme Tenkai-Hen Overture, Livreto do DVD, Super Jump 4 de 2004,  Sentrack.net

e Rosenbach WEB.

Páginas Relacionadas:

Saint Seiya - Éris, a Deusa da Discórdia

Saint Seiya - A Ardente Batalha dos Deuses

Saint Seiya - A Lenda do Jovem Escarlate

Saint Seiya - Os Guerreiros do Armagedon


LINK OFICIAL DA TOEI SOBRE O FILME

TENKAI-HEN JOSÔ - OVERTURE

(PRÓLOGO DA SAGA DO CÉU - ABERTURA)

INTRODUÇÃO

Este é o quinto filme de Saint Seiya, apesar da saga de Hades não ter sido concluída em anime, esse filme, como o nome mesmo diz, é um prólogo de uma nova saga. Ou seja, se procuram um filme como os outros, com um final previsível, podem esquecer, pois este filme foge de todos os padrões. Nas palavras do diretor Shigeyasu Yamauchi este é "um filme para fãs adultos de Saint Seiya" .

O filme começou a ser idealizado desde maio de 2003.Kurumada veio a público em um programa de entrevista do mesmo canal que exibiu os 13 primeiros OVAs (Original Video Anime) de Hades e revelou os planos da nova produção. Os primeiros boatos giravam em torno  de dois supostos títulos para o novo filme e o possível  enredo da obra, onde um estranho mascarado traria a proclamação do fim do mundo e da humanidade, como sempre Atena teria que se sacrificar para que isso não acontecesse e os cavaleiros de bronze teriam que ir ao seu resgate. Porém as expectativas mudaram quando em novembro de 2003 foram reveladas as duas primeiras imagens do novo filme no site oficial deImage hosted by Photobucket.com Kurumada e do filme. O título definitivo também foi confirmado previamente nos dois DVDs que resumiam a saga de Hades denominados de "A lenda dos cavaleiros de ouro revividos".

O primeiro trailer também foi apresentado ao público no mesmo site oficial em novembro de 2003, juntamente com uma pequena resenha onde foi revelado o nome dos inimigos: Tentôshi (Guerreiros Celestiais) vindos do Olimpo junto com Artemis, irmã mais velha de Atena, com a missão de eliminar Seiya e os outros cavaleiros de bronze que desafiaram os deuses. O primeiro trailer divulgado no site oficial continha apenas 84 segundos, dos quais a maioria das cenas vinham dos OVAs da saga de Hades, porém já podia-se observar um dos novos inimigos, Theseus, lutando contra Shun e Jabu atacando Seiya, assim como as primeiras imagens de Saori, Seiya na cadeira de rodas e do misterioso Icarus, o único Guerreiro Celestial que usava máscara. O trailer mostrou uma imagem rara da silhueta do grande inimigo do filme, Apolo, irmão de Artemis. Outro detalhe que chamou a atenção logo no começo do trailer foi a aparição dos dourados. Uma imagem de uma revista trazia um dos esboços do filme que revelava que pelo menos dois dos dourados (Shura e Camus) estariam presentes no filme, logo depois foi confirmado que Dohko e Sion teriam uma participação mais ativa, visto que seriam os únicos cavaleiros de ouro a dialogar no filme. O elenco original estava mais uma vez escalado, com algumas participações especiais (vide a sessão STAFF para mais detalhes).

O fato é que, embora o filme trate de uma introdução a uma nova saga sem previsão de ser produzida, tudo circulava em torno da comemoração dos 30 anos da carreira de Kurumada, e para que o filme fosse lançado na data prevista, a equipe de produção teve que trabalhar dias seguidos e fazendo hora extra.O filme possui muitos diálogos e muitos efeitos especiais, melhores até do que em Hades. Para que o filme fosse exibido em pré-estréia (ou melhor, uma exibição -teste) nos dias 7 e 8 de fevereiro de 2004, a dublagem, realizada nos dias 10, 11 e 12 de janeiro, teve de ser feita sob orientação rigorosa de membros da direção e produção do filme, pois em muitas cenas só haviam esboços semi-animados. Vários retoques foram feitos em relação a exibição-teste. Na grande estréia, já era possível ouvir muitas músicas de fundo.

 

A INSPIRAÇÃO

Muito antes de tudo isso, a idéia de uma nova saga já existia. Masami Kurumada havia mencionado em entrevista publicada na enciclopédia Taizen o desejo de criar uma nova saga denominada "Tenkai-hen" ("Saga do Mundo do Celestial").Ele inclusive mencionou Apolo e Artemis entre os deuses a surgirem nessa nova saga.

No final da saga de Poseidon (Kaikai-hen - Saga do Mundo Marinho) do mangá, Poseidon afirma, ao ser selado por Atena, que os deuses do Olimpo teriam seus planos e que a humanidade certamente seria eliminada devido aos seus atos mundanos da Terra.Os acontecimentos na saga de Hades (Meikai-hen - Saga do Mundo das Trevas) só agravaram a situação de Atena e seus cavaleiros, considerados traidores  contra os deuses. 

Entre várias entrevistas, Kurumada chegou a revelar como seria a primeira cena desta futura saga.Segundo ele, Seiya não teria morrido, mas havia sido ferido gravemente pela espada de Hades. Num grande campo florido, Seiya apareceria numa cadeira de rodas e seria acompanhado da sua irmã Seika, que estaria cuidando dele, e ambos estariam aparentemente felizes.

 

O PRÓLOGO DO PRÓLOGO

Image hosted by Photobucket.comIronicamente, até o próprio filme tem um prólogo. Foi lançado na Super Jump 4 de 2004, um pequeno mangá de oito páginas produzido por  Masami Kurumada em parceria com os estúdios da Toei. Os desenhos e o cenário são de Masami Kurumada e a colorização foi feita pelo membros do estúdio da Toei que estariam envolvidos na produção do novo filme também. As mesmas oito páginas também foram publicadas no art book "Sora", só que sem os créditos e as legendas que anunciavam o filme.

A história retoma a idéia original de Kurumada, Seiya é mostrado em uma cadeira de rodas,Image hosted by Photobucket.com em estado vegetativo, sendo cuidado não por sua irmã Seika, mas por Saori. A deusa sente um sinal de mau pressagio e o cenário muda rapidamente para o que parece ser o Céu ou o Mundo Celestial (Tenkai), onde se localiza o Olimpo, morada dos deuses. O estranho, oculto por um capuz, se aproxima de um jovem acorrentado junto a um pilar e o convoca para uma missão especial: eliminar os cavaleiros de Atena que desafiaram os deuses. O jovem é Touma, e ele parece estar lá naquele local há muito tempo. Essa "história lateral" termina com Touma perguntando ao estranho se as ordens de eliminar os cavaleiros vem de Zeus, o senhor dos deuses.

 

 

RESUMO

CURIOSIDADES E COMENTÁRIOS

STAFF E CAST