Matéria produzida por:
Allan Montenegro - Taizen Saint Seiya.
 
 
 
 

OS MUNDOS DO UNIVERSO SAINT SEIYA

INTRODUÇÃO

Ao longo de toda série Saint Seiya, seja anime ou mangá, tudo se desenrola em cenários incríveis e mirabolantes.A criação de todo o universo é contada de uma maneira única e ao mesmo tempo coerente com muitas teorias existentes em nossa realidade.A Fundação Graad, da família Kido, pesquisou durante anos sobre lendas e mitos da humanidade, encontrando assim vários relatos das guerras santas do passado, essa grande pesquisa é denominada de "Hipermito".

Estas guerras santas são a primeira vista combates entre os deuses e a humanidade, representada pelos Guerreiros Sagrados, os Saints ou Santos (chamados no ocidente de Cavaleiros).Porém, ao nos aprofundarmos mais observamos que em algumas casos, a guerras santas são travadas em mundos diferentes.Vários outros relatos da série, anime, mangá ou filmes mostram que o nosso mundo acaba se desdobrando em dimensões paralelas dominadas por deuses que tinham a ambição de estender os seus domínios, como é o caso de Poseidon e Hades.

Portanto, neste texto busco mostrar os mundos apresentados no grande universo que é Saint Seiya.

O BIG BANG - ORIGEM DE TUDO

Segundo o Hipermito, só havia o Caos, ou seja, o nada.Então uma grande explosão deu origem ao universo, então espalhou-se por toda parte a Grande Vontade (Big Will) originando os seres vivos.A partir daí surgem os mundos e suas inúmeras subdivisões.

Os mundos foram formados segundo a Grande Vontade de seres que alcançaram a divindade, daí a Grande Vontade ser chamada também de Vontade Divina ou Divina Providência.Uranos e Cronos foram os primeiros a disputar o domínio do Universo. Cronos assumiu e estabeleceu seu domínio no planeta Terra, que parece ser o centro de toda a vida.Os filhos de Cronos se rebelaram contra ele, e assim Zeus e outros deuses confrontaram Cronos e seus Titãs, a mitologia grega chama esse confronto de "Guerra dos Titãs" ou "Titanomachia".

Zeus, Poseidon, Hades e os outros deuses venceram Cronos e os Titãs, selando-os no Tártaro.Os três deuses irmãos dividiram os domínios entre si, e assim surgiram os grandes Mundos (kai).

SEKAI (
世界)- O MUNDO DOS HOMENS

Em japonês, Sekai é o nome dado a superfície da Terra onde vivem grande parte dos seres vivos, tendo os humanos como raça dominante.O Sekai é a própria Biosfera da Terra, porém o Mundo dos Homens divide-se em vários reinos, países, cidades, tribos e etc.

O Mundo dos Homens era domínio de Zeus, que era o soberano dos deuses.Porém misteriosamente Zeus abandonou este mundo deixando-o nas mãos de sua filha, a deusa guerreira da sabedoria Atena, pois ela amava a Terra e todos os seres vivos que nela viviam, principalmente a humanidade.Ao longo dos séculos, humanos especiais reuniram-se com Atena para proteger este mundo, então surgiu os Guerreiros Sagrados, os Saints ou Santos (chamados no ocidente de Cavaleiros).

Atena e seus Saints formaram o Santuário (Sanctuary), numa cidade da Grécia que recebeu o nome de Atenas em homenagem à deusa.Lá está essa fortaleza dos Guerreiros Sagrados que lutam contra os invasores de outros mundos.Os simples humanos não podem entrar neste local sagrado, pois a Vontade Divina de Atena que mantém o Santuário também o protege com uma barreira invisível (kekai), só aqueles com permissão especial e alguém que domine o cosmo (manifestação da Grande Vontade) podem entrar neste local.Porém, o Santuário não é o único ponto onde encontra-se guerreiros com poderosa força sobre-humana.

Comenta-se que descendentes dos cavaleiros de Atena foram para o Pólo Norte e lá se estabeleceram durante séculos, esquecendo suas origens e tornando-se os Blue Warriors (Guerreiros Azuis ou Guerreiros do Gelo). Os Blue Warriors são guerreiros que vivem e protegem Blue Graad.



Ainda nas terra frias, mais precisamente no extremo Norte da Europa, estabeleceu-se um povo que cultuava os deuses nórdicos, liderados pelo deus Odin.Esse povo deu origem a um reino lendário conhecido como Asgard.Lá estão os guerreiros de Odin, aqueles que encarnam a própria força dos deuses nórdicos, protegendo este reino do extremo norte da Europa.Esses são os poderosos Guerreiros Deuses (God Warriors), liderados por um grande Patriarca, ou Mestre, que assim como no Santuário, representa a Vontade Divina, no caso de Asgard: Odin.Porém, desde que Odin deixou este mundo, Asgard tem lutado contra a influencia de Poseidon, o deus dos mares.

Porém, desde a era mitológica, quando deuses diversos transitavam pelo Mundo dos Homens, vários templos foram erguidos e sumiram junto com a Vontade Divina dos deuses cujo cosmos existiam neste mundo.É de conhecimento geral, que a obra originada, reerguida e mantida pelo cosmos um deus só permanece firme e forte se a Vontade Divina que a originou ainda está presente de forma ativa neste mundo.Por isso tantos templos erguidos pela vontade dos deuses hoje não existem mais, atualmente apenas existem ruínas, principalmente de templos construídos pelos próprios humanos que serviam aos deuses, assim aconteceu por exemplo com o templo de Poseidon que existia no Cabo Sunion, na Grécia.

Segundo algumas lendas e mitos, no Oceano Pacífico havia um continente muito especial chamado Lemúria, este povo também servia a Atena, apesar de ser uma raça diferente da raça humana, uma raça mística que dominava a transmutação da matéria, a telecinese, telepatia, teletransporte e outros tantos dons sobre-humanos.Comenta-se que suas origens não sejam deste planeta.Porém, esta raça ousou desafiar aos deuses, apoiando os cavaleiros de Atena, e foi punido por isso. Lemúria hoje não existe, os poucos sobreviventes dessa raça espalharam-se pelo mundo, mas estabeleceram-se principalmente na região montanhosa entre a China e a Índia, denominado Jamir.Apenas pequenas ilhas, como a da Rainha da Morte sobraram no grande Oceano como prova de que algo sobreviveu aos grandes cataclismas provocados por Poseidon no passado.

Na parte isolada da China, onde ficam os famosos Cinco Picos Antigos de Rozan, uma torre de pedra havia sido construída na última guerra santa contra Hades e serviu como prisão para as almas dos 108 guerreiros do Mundo dos Mortos conhecidos como Espectros.Esta torre selada por Atena é um dos poucos vestígios da última guerra santa do passado contra Hades.Porém, na Alemanha, ainda existe uma das entradas diretas para o Mundo dos Mortos.O denominado castelo Heinstein é a própria embaixada das trevas, nenhum ser vivo comum pode sobreviver a atmosfera da morte deste lugar, pois lá existe uma barreira semelhante a que existe no Santuário, no entanto, os efeitos são muito mais mortais, e só aqueles protegidos pela Vontade Divina de um deus podem agir livremente lá. 

KAIKAI (
海界)- O MUNDO MARINHO

A maior parte da Terra é coberta de água, e sob elas, mais precisamente nas profundezas do mar, está o reino do deus do mar, Poseidon.Hoje o seu reino está restrito a três templos secretos nas profundezas do mar, envoltos em bolhas criadas pela Vontade Divina de Poseidon, mas nem sempre foi assim.

Quando os deuses caminhavam livremente pela Terra, quando esta era domínio dos deuses que obedeciam a Zeus, Poseidon ergueu o centro de seu domínio em um grande continente chamado de Atlântida ou Atlantis. Porém, após tentar acabar diversas vezes com a humanidade e tentar dominar o Mundo dos Homens, o reino de Atlantis foi arrasado em meio a combates contra os Cavaleiros de Atena, que como sempre lutavam pela vida na Terra, principalmente pela humanidade.

Os guerreiros marinhos de Poseidon, conhecidos como Marinas, protegiam Poseidon deste tempos mitológicos, e eles chegaram a erguer um templo no cabo Sunion, na Grécia, em homenagem a Poseidon.Esses guerreiros sempre se prontificaram a resgatar Poseidon quando este era selado por Atena após perder as guerras santas que travava contra os humanos.Assim aconteceu quando Poseidon foi selado e enviado ao Pólo Norte para ser guardado pelos descendentes dos Guerreiros Azuis (Blue Warriors).

Após o fim de Atlântida, a Vontade Divina do Imperador Poseidon deu origem a três templos marinhos secretos.Diz a lenda que desde a era mitológica, Poseidon guardou seu verdadeiro corpo em um deles.Agora, o Santuário Marinho principal, localizado no mar Mediterrâneo é o mais interessante, é um mundo coberto de corais, conchas, algas e outros elementos próprios do fundo do mar.A abóbada ou o teto deste Mundo são as águas do mar.

Neste Santuário Marinho, que fica protegido por uma espécie de grande bolha, criando uma esfera.Este templo é formado de diversos templos pequenos ao redor de sete pilares que sustentam os mares do mundo.Estes pilares dão apoio ao grande Suporte Principal que fica junto ao Templo Principal do Santuário Marinho, este enorme pilar existe desde eras mitológicas, assim como o Muro das Lamentações do Mundo dos Mortos.

Este Santuário Marinho foi palco de grandes batalhas entre os marinas e os cavaleiros.Na última batalha, o Santuário submarino foi arrasado e Poseidon foi selado novamente numa ânfora e lá permaneceu até Canon de Gêmeos o libertar, dando origem a uma nova guerra santa nos dias atuais que arrasaria mais uma vez o Santuário Marinho de Poseidon.

MEIKAI (
冥界) - O MUNDO DAS TREVAS

Também chamado de Submundo ou principalmente de Mundo dos Mortos, o Mundo das Trevas é o domínio de Hades.Os gregos da antiguidade costumavam usar o nome de Hades para denominar este mundo, sem qualquer distinção.Porém, este mundo existe como um destino para os seres vivos do mundo dos homens que perdem a vida.

No entanto, a mitologia descreve o Mundo das Trevas de uma maneira diferente da que é mostrada no anime ou mangá.Tudo leva a constatar que o Mundo dos Mortos em Saint Seiya é inspirado nos relatos de Dante Alighieri em sua obra "A Divina Comédia".Enquanto na mitologia, o Mundo dos Mortos era rodeado por quatro rios de águas quase paradas, e dividido em quatro grandes zonas: o Érebo (onde ficava o palácio de Hades), Campos de Asphodeles (onde as almas passam por Cérbero em direção ao palácio do juízo final), Tártaro (região mais profunda e semelhante ao Inferno dos cristãos) e os Campos Elísios (semelhante também ao Paraíso Celestial dos cristãos).Sem esquecer que os rios do Mundo dos Mortos e seus afluentes que servem como um verdadeiro purgatório para as almas dos mortos e isto é bem mostrado tanto em Saint Seiya como na "Divina Comédia".

No palácio do Juízo Final, as almas eram julgadas pelos três juízes (Rhadamanthys, Aiakos e Minos) podendo ir direto para os Campos Elísios (Elysion em grego e Elysium em latim) se foi uma boa pessoa ou para Tártaro (Tártaros em grego e Tartarus em latim).Sendo que os Elísios e o Tártaro são considerados dimensões paralelas, ou seja, outros mundos, acessados através do Mundo dos Mortos.

Na mitologia grega, acreditava-se que para chegar ao Mundo das Trevas era necessário encontrar uma fenda no solo ou uma caverna profunda ou locais escuros, porém o Mundo dos Mortos em Saint Seiya só pode ser acessado de três maneiras: atravessando a entrada do castelo Heinstein na Alemanha, entrando em coma profundo e atravessando a encosta da morte conhecida como Yomotsu ou simplesmente morrendo e caminhando por essa mesma encosta.De todas as maneiras, só se pode retornar vivo do Submundo se dominar o oitavo sentido, o Arayashiki.

Ao chegar nas trevas avista-se a Porta do Mundo dos Mortos; um enorme portal de pedra em forma de arco que contém inscrições em grego: "Aquele que por aqui entrar deve abandonar todas as esperanças".Ao atravessá-lo chega-se ao imenso rio Aqueronte.O Mundo de Hades é formado por oito prisões, três vales, dez fossos e quatro esferas onde estão Caina, Antenora e Ptoloméia, os templos dos Três Grandes Juízes do Mundos dos Mortos, e a Judeca ou Giudeca, o palácio de Hades e o local onde está o Muro das Lamentações que separa o Mundo das Trevas dos Elísios (Paraíso) para onde somente as boas almas, os deuses e seus escolhidos podem ir, assim como o Tártaro, é um mundo a parte ligado ao Mundo de Hades.

Ao contrário do Tártaro, os Campos Elísios é um mundo maravilhoso, com grandes jardins e belos seres como as ninfas.Aqueles espíritos que lá chegarem podem escolher permanecer lá ou voltar à Terra numa nova vida, assim diz a mitologia grega.Neste local encontram-se vários templos, com destaque para aquele que guarda o verdadeiro corpo de Hades desde a era mitológica e outros templos onde ficam os deuses menores Thanatos e Hipnos, respectivamente as encarnações da Morte e do Sono, filhos da Noite.

MAKAI (
魔界) - O MUNDO DOS DEMÔNIOS

O Mundo dos Demônio é chamado também de Tártaro ou Inferno, por estar nas profundezas mais isoladas abaixo do Mundo das Trevas (ou dos Mortos) o nome "Inferno" acaba se confundindo com o próprio Mundo de Hades.Porém, segundo a obra "A Divina Comédia" onde Dante descreve o próprio Inferno, quando Lúcifer, o mais belo e poderoso dos Anjos foi expulso do Céu (Tenkai ou Mundo Celestial) ele caiu na Terra e a cratera formada pela sua queda deu origem ao Mundo dos Mortos, que podemos considerar como o próprio Purgatório.Lúcifer então permaneceu lá nas profundezas do Inferno, abaixo do Mundo dos Mortos numa região descrita em várias lendas, mitos e religiões como sendo um lugar obscuro onde reina a solidão e outros terríveis sofrimentos reservados as grandes pecadores e almas malignas.

É neste Mundo que foram selados os terríveis Titãs, deuses inferiores que serviam a Cronos, que enfrentaram Zeus e os deuses no começo dos tempos e também estão lá os Gigantes,  servos de Typhon (Tufão ou Tifão)  que enfrentaram deuses e humanos numa terrível guerra conhecida como "Gigantomachia" ou "Guerra dos Gigantes".

TENKAI (
天界) - O MUNDO CELESTIAL

O Mundo Celestial, conhecido como "Céu", chega até a ser confundindo com o Paraíso (Campos Elísios).Ao contrário dos Elísios, para onde vão as boas almas, o Mundo Celetial só pode ser habitado pelos deuses e seus Anjos (Angels) alguns são narrados em várias religiões e mitos agindo como mensageiros, mas são mais conhecidos como Guerreiros Celestiais (Tentoushi) protegendo a morada dos deuses e sendo executores da Vontade Divina.

É no Mundo Celestial que encontra-se o Olimpo, até agora não se tem muitas informações sobre a grande morada dos deuses.Na mitologia grega acreditava-se que o Monte Olimpo na Grécia era a onde os deuses viviam.Mas quando a era dos deuses acabou, eles deixaram de caminhar pela Terra e recolheram-se ao Mundo Celestial.Agora perguntas ficam no ar: será que o Monte Olimpo da Grécia ainda é um ponto de ligação entre o Mundo dos Homens e os deuses? Ou será que a morada dos deuses agora não se restringe mais a uma mera montanha muito alta? Será que todo aquele ambiente paradisíaco e os templos maravilhosos agora mudaram de lugar e estão em uma dimensão muito acima das nuvens? Sendo assim o Olimpo teria se separado do Monte e agora tornou-se um lugar muito menos acessível aos homens, e chegar até a morada dos Deuses é um pecado tão grande quanto aquele cometido por Ícaro na mitologia grega, que teve derretidas as suas asas de cera ao voar muito alto, perto do Sol.

Esperamos que em breve surjam novas informações sobre este mundo tão misterioso e proibido.

setstats 1