Resenha produzida por:
Asociación Internacional de Caballeros de Athena (AICA)

Fonte:
Jump Gold Selection
Créditos de Imagens (CDZPIC)

Tradução e Adaptação:
Michael Serra - Taizen Saint Seiya

Explicação:
Isto é uma novela que trata do episódio do atentado contra a vida de Saori quando bebê. A Novela foi publicada na revista Jump Gold Selection: Saint Seiya Anime Special 2. O autor não é Masami Kurumada, contudo é uma história oficial, escrita por Yoshiyuki Suga e com ilustrações de Shingo Araki (o principal desenhista da série de TV) e Himeno Michi.

Excalibur Unknown Episode. Saga! Overture of Ambition.
O Episódio Desconhecido da Excalibur. Saga! O Início da Ambição.

Introdução: 

Shura enfim tornou-se o cavaleiro dourado de Capricórnio. Querendo engrandecer o seu cosmo partiu às montanhas espanholas para treinar. Finalmente, quando regressara ao santuário encontrou um amigo a quem ele considera como um irmão, Aiolos. Após ver o Mestre Shion ele se depara com o misterioso cavaleiro de ouro de Gêmeos, Saga. Ao encontrá-lo, Shura, repentinamente, sente um estranho cosmo em algum lugar que o deixa incomodado. Nesta noite, um cavaleiro desconhecido, que gerou esse mesmo cosmo misterioso, chega e ataca o Mestre do Santuário.

Capítulo I 
Encontrando-se de Novo

 

Isto se passou no ano em que Athena nasceu. No verão grego chovia pouco, mas se em um mês chovia por tres dias, chovia muito. O santuário está localizado perto das montanhas de Atenas, onde também é muito seco. A cidade estava repleta de turistas, havia muita gente. Desde tempos mitológicos sempre foi assim. A cidade sempre atrai muita gente que quer ver este misterioso lugar. Mas a verdade é que o Mestre evita que estranhos ou visitantes entrem no Santuário criando vários níveis de campos de força ao redor de seus domínios. Mesmo se algum turista conseguir invadir o bloqueio, ele é rapidamente deportado. Tudo isso somente é possível devido ao grande cosmo do Mestre do Santuário. Este enigmático lugar cria um arco-íris ao qual a gente comum chama de "O Arco-Íris dos Deuses". Mesmo sendo desconhecido e misterioso, o santuário trazia bons sentimentos à população vizinha. 

Um jovem rápido como o vento havia entrado no santuário com facilidade. Ele é brilhante como o sol, o vento move seus cabelos como se tivesse vida própria. Seus olhos não parecem refletir sua verdadeira idade. E vendo sua roupa conclui-se que ele não pode ser outra coisa senão um cavaleiro.

-"Minha velha casa, o Santuário... não mudou em nada..."

O jovem vê ao centro do Santuário o relógio de fogo. Este relógio mostra os doze templos de onde se supõe que um cavaleiro de ouro guarde cada um deles. Ele sabe que os doze templos tem uma relação com cada uma das constelações do zodíaco.

-"O décimo templo é de meu dever guardá-lo", disse o jovem recordando. Em um relance, o jovem muda sua vista para o templo do Mestre e a Estátua de Athena. -"Já teria Athena renascido?". Pensando sobre este importante assunto, volta seus olhos para a frente. (Vê o Coliseum) Quando ainda estava em treinamento, este havia sido o lugar onde deu seu suor e sangue. O jovem caminha sobre o lugar de treinamento. Há dois anos neste lugar ele conseguiu sua qualificação de Cavaleiro e sua armadura, após vencer seu último oponente. Recorda disto perfeitamente. Quando lembra de como ganhou a batalha se emociona 

-"Naquela vez tive muita sorte... Mas, se fosse agora, ganharia bem, baseado em minha força...". Sua confiança não é falsa. Durante estes dois anos havia treinado muito duro nas Astúrias. Havia começado a crer em si mesmo. Ele respira fortemente e suspira. Se concentra e fecha os olhos, depois desabafa. De todo seu corpo emerge um cosmo, tão rápido como cavalos que saem em debandada de um curral. O seu cosmo havia se expandido em um grande impulso. Seus olhos se abriram lentamente. Por fim decide que seu objetivo está lá em cima da montanha, de trás da Estátua de Athena, devendo estar a pelo menos 3.000 metros de distância... 

-"Ooh...!" 

Em um instante, estende o seu braço direito a fim de visualizá-lo a cima da montanha, movimentando-o como se fosse uma espada. O poder do golpe corta o ar produzindo um ruído muito grave, pois havia se movido a velocidade da luz. O poder não se dissipa. Finalmente ele acerta a Casa do Mestre em Star Hill. Pode-se ver o pó subindo. Após ver isto teve um mal pressentimento. Repentinamente atrás dele surge um cosmo muito poderoso. 

-"Humm, esse cosmo é de... - Vira-se com um sorriso no rosto. É o Cavaleiro de Sagitário, Aiolos, a sorrir com afeto e carinho.

-"Aiolos!"

-"Shura! Quando voltou?"

O jovem chamado Shura não o responde e abraça a Aiolos, que diz:
-"Shura, pelo visto, elevaste o nível de teu cosmo, não?"
-"É, mas ainda não se pode compará-lo ao seu."
-"Não, pode ser igual ao meu sim."
-"Ohh...Igual ao do AIOLOS?!..." Shura enfim se vê de verdade sorrindo.

-"O Cavaleiro de Capricórnio, Shura, finalmente está devolta. Felicidades, amigo!" - Aiolos lhe estende a mão.
-"Obrigado, Aiolos." - Shura também lhe estende a mão em sinal de agradecimento. Aiolos sente que a mão de Shura está diferente. Com o treinamento, sua mão agora parece ser de aço. 

-"Que!...esta mão! Não posso crer que haja treinado a este nível!"
Isto desperta em Aiolos os seus pensamentos.
-"Shura, O templo de Capricórnio está perfeito agora!".
-"Aiolos!"

Aiolos via a Shura como a seu próprio irmão. [pra quem não sabe é o Aiolia, n/t].
-"Saber isso ouvindo de você me faz muito feliz. Sempre o vi como minha meta. Sem importar a dor, eu a suportei..."
-"Shura, tinha esquecido por completo que você é quatro anos mais novo que eu. Vem, vamos visitar o Mestre. Esta noite teremos uma longa festa." - Shura sorri.

Agora, Shura está realmente feliz porque obteve o reconhecimento de seu poder pelo Cavaleiro de Ouro de Sagitário, Aioros.

Capítulo II
Uma Transformação Anormal

 

O Mestre do Santuário é o líder de todos os Cavaleiros. Em cada geração o Mestre escolherá seu sucessore dentre os doze cavaleiros dourados. Um Cavaleiro que é benevolente, inteligente e valente. Antes do começo das Guerras Sagradas se consuma a cerimônia de sucessão. As chamadas guerras sagradas são aquelas em que os deuses mitológicos se degladiam pela conquista do mundo. O primeiro foi o deus dos mares, o controlador do Atlântico, Poseidon, que tentou dominar a terra e encontrou como obstáculo a Vontade dos Deuses e então foi iniciada a luta pelo poder. 

Quando as forças do mal tentam apoderar-se da terra, Athena renasce. Antes de que se iniciem as lutas, o Mestre dará a ordem a todos os Cavaleiros do mundo para regressarem ao Santuário. As guerras sagradas ocorrem a cada 230 ou 250 anos. A última ocorreu faz 229 anos. Nessa, então, 79 Cavaleiros estiveram lá para batalhar. Esta foi a maior quantidade de Cavaleiros a participar de uma Guerra Sagrada. Somente uns poucos sobreviveram. Foi uma luta cruel. Um dos sobreviventes foi o mestre de Shiryu, que agora vive nos 5 picos sagrados de Rozan, o Cavaleiro de Ouro de Libra, Dohko, e outra pessoa, que agora é o Mestre do Santuário.

-"Ah, Shura, enfim regressou." - Disse o Mestre dando-lhe boas-vindas. Sentado em um trono, o rosto e o corpo do Mestre estão cobertos por uma máscara e uma túnica.

-"Eu vos saúdo." Shura disse em tom muito respeitoso.

-"Esta noite somente descanse."

-"Sim! Obrigado por se preocupar."

-"Shura, seguramente que voltou mais forte, não?" - Perguntou Arles que está parado destrás do trono do Mestre. Arles é o ajudante do velho e enfermo Mestre. Ele toma parte dos trabalhos do Patriarca. Arles é um Cavaleiro de Prata. Ele não pode ser o próximo Mestre, mas sua personalidade leal ganhou a confiança de todos os Cavaleiros. Ele é respeitado e obedecido. -"Agora, o Cavaleiro de Capricórnio voltou também". - Disse Arles.

-"Arles, amanhã dê a Shura sua missão". - Disse o Mestre enquanto se levantava lentamente.

-"Sim! Shura, pode ir-te agora. Descanse." - E Arles segue o Mestre.

-"Muito Obrigado." Quando Shura estava prestes a sair, sente um cosmo muito poderoso e retalhador. Todo o seu corpo fica nervoso e tenso. 

-"Qu...que é esse cosmo?" - Pensa Shura.

-"Saga?!" - Diz o Mestre. 

-"Ah!! - Shura se volta para ver. O Cavaleiro de Ouro Saga de Gêmeos caminha lentamente adiante com um sorriso um tanto frio.

-"Saudações... O Cavaleiro de Ouro Saga de Gêmeos vem aqui, respeitosamente, saudar ao Mestre". - Saga segue a risca a etiqueta. 

Shura esta perdido em pensamentos. Tenta determinar se o estranho cosmo vinha de Saga. Contudo Shura somente sente um benevolente e poderoso cosmo, como o de qualquer Cavaleiro de Ouro. -"Que estranho, de quem era aquele cosmos? Será que um intruso teria entrado no Santuário?"

-"E você é...?" - Indaga Saga, e Shura responde:

 -"O Cavaleiro de Ouro de Capricórnio, Shura".

-"Oh... é você." 

-"Há pouco, senti um cosmo grandioso e desafiador, não sentiu?"

-"Ahn, não. Não senti." 

-"... de fato..."

Os Cavaleiros encaram-se nos olhos, como se soltassem faíscas.

-"Qu...que? Nos olhos de Saga há uma luz estranha." - Pensa Shura. O Mestre põe um fim a tudo isto:

-"Saga, e como anda a situação de Poseidon?"

-"Ainda não tem ocorrido muita atividade."

-"Saga, vigiar Poseidon é muito importante, não deve ser descuidado. A última Guerra Sagrada foi há 229 anos, o dia da chegada de Athena está proximo."

-"Sim!"

-"Saga, esta noite fique no Santuário e descanse".

-"Obrigado".

-"Shura ainda observa Saga que se despede realizando a etiqueta apropriada e pensa: -"Saga, o homem que deve ser cuidadoso com..." [Poseidon, n/t]

Capítulo III
Assassino 

É noite no Santuário. O céu esta cheio de estrelas brilhantes, formoso como um anjo. Segurando um copo que refletia a luz das estrelas, sentando em uma cadeira no alpendre, Shura pergunta a Aiolos:

-"Aiolos, O Cavaleiro Saga, que tipo de homem ele é?" 

-"Saga? Bem, é uma pessoa que não fala muito de si mesmo. Nada. Talvez nem mesmo o Mestre saiba realmente como Saga é. Por isso é muito difícil conhecer os pensamentos de Saga. Mas se pode ver que Saga esconde uma espécia de sombra..."
-"Hmm" - Em sua mente Shura vê os misteriosos olhos de Saga. Enquanto pensava nisto denovo sente em algum lugar o cosmo desafiador.

-"Aiolos?!" 

-"Hmm!" - Aiolos também sente.

-"É esse, Aiolos! O Cosmo que senti a pouco!"

-"Shura, vá! - O rosto de Aiolos mudou e ele se ergueu de imediato.

-"Ah?" - Shura não sabe o que está se passando. Aiolos corre o mais rápido que pode.

-"Shura, o Mestre está em perigo!"

-"Que?"

Aiolos corre em direção ao templo do Mestre. -"Raios, ainda não sou tão rápido quanto Aiolos." - Tendo a velocidade sobre-humana dos Cavaleiros de Ouro os dois, em um instante, atravessam todas as escadarias. Sem ao menos tomar novo fôlego chegam aos aposentos do Mestre e encontram a Arles utilizando seu próprio corpo como escudo para proteger o Sacerdote, recebendo os golpes do invasor. Arles ainda é um Cavaleiro de Prata, não é fraco, mas todo o seu corpo está ferido. O que é surpreendente é que o intruso não possui ferimento algum. Será possível que o invasor seja mais poderoso que um Cavaleiro de Prata? Ele usa uma máscara que oculta sua identidade.

-"Arles!" 

-"Oh, Aiolos!" 
Shura grita ao atacante: -"Quem é você?" Seu idiota! Se atreve a invadir o templo do Mestre e atacá-lo, fale teu nome, canalha!" O intruso nada responde. Nesse momento, Arles diz algo: -"Você, você... é...?" 

Shura pergunta a Aiolos: -"Você já viu essa armadura antes?" 

-"Não, é a primeira vez que vejo algo assim".
A armadura do invasor é totalmente diferente das Armaduras dos Cavaleiros. -"Parecem escamas de peixe" - Shura pensa. O intruso ainda nada responde, mas o Mestre responde por ele. -"Essas são as Escamas Marinas de Poseidon". [Scales, n/t]

-"Escamas Marinas?!" - É a primeira vez que Shura escuta algo sobre os ditos Marinas. 

-"Estas Escamas foram criadas pelo lendário Oburo."

-"Isso significa que foi mandado aqui por Poseidon?!"

O invasor novamente deixa Shura sem respostas. Repentinamente ele lança seu ataque a velocidade da luz acertando a Arles. Ainda sim, Arles não se move de seu posto. -"Ah!!" - Arles sente o golpe no estômago, está prestes a cair. O intruso avança pulando até o Mestre.

-"Ah não..." - Enquanto Aiolos gritava, o assassino já estava no raio de ataque ao Mestre. Ainda que o Mestre esteja velho e enfermo, ainda é um Cavaleiro de Ouro, não perderá facilmente. O Mestre esquiva ao ataque facilmente. -"Mestre!" - Aiolos grita enquanto ele e Shura correm e se colocam entre o Mestre e o atacante. Não importa quão confiante esteja o invasor, ele não pode ser descuidado enfrentando a dois Cavaleiros de Ouro. O intruso pula e cai por detrás do Mestre.

-"Ah, Não...!" - Mesmo que o mestre permitisse que pulassem atrás dele, seria um erro. Aiolos e Shura não podem atacar sem que o Mestre saia atingido. Não podem ver um ponto por onde pudessem atacar, mas, sem demora, ambos tomam posição de ataque. Eles tem que esperar para ver se o invasor comete um erro e então possam atacar. Os dois estão muito nervosos e suando. O intruso tem toda a vantagem. É como se estivesse brincando de gato e rato com eles.

Excalibur Unknown Episode. Saga! Overture of Ambition.
O Episódio Desconhecido da Excalibur. Saga! O Início da Ambição.
PARTE II

Capítulo I 
Nasce Excalibur.

Nesse momento Shura sentiu um cosmo poderoso e perturbador. Esse cosmo é o mesmo que sentiu no templo do Patriarcar ao entardecer. -"O mesmo cosmo!". Aiolos também o sentiu. -"Este, este cosmo é?! Talvez... - Aiolos relembra. Aponta ao invasor com um dedo e diz: -"Se quer viver, é melhor que deixe o Mestre ir, agora!" 

-"Hahah." - A risada que veio por detrás da máscara. Aiolos expande seu cosmo e de seu dedo indicador sai a energia que ataca o invasor. O intruso, contudo, não se assusta e desvia do cosmo facilmente. Após isso, mira ao Mestre com sua mão direita. -"Ah!!" - Shura não consegue nem respirar. Arles que havia caído se levanta e grita: - "Aiolos, dependemos de você!".

Aiolos responde: -"E onde está Saga?"

-"Que?" - Responde Arles. Em um segundo a mão que está mirando o Mestre se abaixa, e todos veem o cabelo do intruso balançar.

O Mestre ordena a Shura: -"Shura, lance tua mão cortante!" - Em um instante Shura põe sua mão em posição de espada, e aponta-a em direção a mão direita do intruso liberando um raio de luz.

-"Whoaaaa?" - Shura não tem controle de seu ataque, só moveu sua mão como lhe ordenaram. E então o poder flui, e ele solta sua mão cortante. Ainda assim, o poder é enorme. O punho do intruso foi ferido por Shura. -"Ah!!" - Do ferimento começa escorrer gotas de sangue. "Qu... que? Que foi isso?" - Shura vê o corte no intruso e tem medo, não para de gritar. Aiolos rapidamente solta dois socos a velocidade da luz que são como flechas disparadas contra o invasor. O intruso que está atordoado não pôde esquivar ao ataque. O ombro esquerdo da Escama foi golpeado pelo ataque de Aiolos. Ainda que não se possa destruir toda a Escama criada por Oburo, a peça do ombro se rompe em pedaços.

-"Ah!!" - O invasor não tem tempo de pôr-se em posição de ataque. Quando Shura o alcança ele escapa pulando. Aiolos, enquanto protege o Mestre, continua com a luta. O invasor lança um ataque giratório contra Shura, mas enquanto girava perdeu o equilíbrio e Shura cai em pé facilmente. Arles trata de se levantar também, os três enfrentam o intruso. Aiolos está a frente do Mestre, protegendo-o, enquanto seu cosmo vai crescendo. O invasor tem que se dar por vencido, pois esta enfrentando a dois Cavaleiros de Ouro, um Cavaleiro de Prata e um que já foi um Santo Dourado. Não pode lutar contra os quatro, seria muita estupidez. O invasor corre e salta pela janela. Com o estrondo do cristal que se quebra o intruso desaparece pela escuridão. Shura está prestes a sair e perseguí-lo.

-"Shura, esqueça-o!"

-"Que?"

-"Está escuro lá fora. Se o perseguir, poderá ser atacado e vencido facilmente".

-"Arles tem razão." - Ao ouvir as palavras do Mestre e vendo os olhos de Aiolos que diziam "obedeça", Shura diz: -"Entendo. Então, quem era o invasor?"

-"Eu creio que era um dos servos de Poseidon, mas...". - Aiolos coça a cabeça enquanto diz isto. Arles não contesta. 

-"Aiolos, Shura, obrigado a ambos." - O Mestre acena com a cabeça, agradecendo-os. 

-"Mestre, não foi nada." - Diz Aiolos, e Shura logo após:

-"É, não foi nada." 

 

Capítulo II 
Incerteza 

 

Saga chega ao Salão do Mestre usando algo pouco apropriado para o clima de Agosto na Grécia, roupas com mangas largas. Quando entra, tudo já tinha terminado.

-"Saga, há pouco, um invasor tentou assassinar o Mestre!" - Ao ouvir isto de Shura, Saga se surpreende. -"Que? Um assassino atacando o Mestre? Quem era...?" 

-"Era uma espécia de Marina."

-"Marina?"

-"Saga, rápido, volte e vigia a Poseidon".

-"Sim." - Saga ainda leva a cabo a etiqueta apropriada.

Arles está a pensar algo. Continua vigiando cada movimento de Saga. Justamente então Saga sente que Arles o está encarando e lhe volta os olhos com rudez. Neste momento, o Mestre anuncia algo sumamente importante. Aiolos e os demais estão em silêncio.

-"Em muito em breve daremos boas-vindas a chegada de Athena."

-"Oh" - Todos estão sensivelmente emocionados.

-"Athena finalmente chegará." - Pensa Shura, que se sente mais emocionado do que quando conseguiu sua Armadura de Ouro. Nesse momento o rosto de Saga exibe um sorriso frio, e Arles percebe isso: -"Saga..." - O Mestre continua: -"Assim como no passado, quando recebemos Athena é logo antes das Guerras Sagradas. Não só o deus do mar Poseidon quer atacar esta terra, mas também Hades do submundo e a deusa da discórdia Éris não perdem as esperanças. Nós temos que nos preparar para o início das Guerras Sagradas." - Shura se mostra meio nervoso. O Mestre continua falando: -"Então, Saga deve usar de toda sua energia para vigiar a atividade de Poseidon."

-"Sim."

-E Aiolos, tua responsabilidade é proteger o Santuário".

-"Sim!" 

-"Shura, tua responsabilidade é treinar rapidamente os Cavaleiros ao redor do mundo." 

-"Sim!" 

-"Agora comecemos!" 

-"Sim." O cosmo dos três está ardendo.

-"Shura, teu punho cortante é muito poderoso." 

-"Sim, sequer sei como controlá-lo. É como se minha mão se movesse por sua própria vontade."

-"Isso é algo que não podemos ver, mas é um presente de Athena".

-"Oh, um presente de Athena!" - Não somente Shura, mas também Aiolos, Saga, e inclusive Arles estão surpresos por estas palavras.

-"É a Espada Sagrada, a que os deuses chamam 'Excalibur'."

-"Excalibur...?" 

-"Usar a Espada Sagrada com teus próprios movimentos, esta é a recompensa de teu árduo treinamento. Quando Athena chegar, você poderá protegê-la estando a seu lado..."

-"Sim! Estou muito agradecido." - Shura olha sua mão direita e lágrimas começam a escorrer por sua face. -"Athena..." - Apenas por ver estas lágrimas podemos ter uma prova de sua devoção para com Athena.

-"Shura, isto é grandioso!" - Aiolos felicita a Shura, apertando sua mão direita.

-"Obrigado, Aiolos."

-"Shura, parabéns!" - Saga dá palmadas no ombro de Shura. Os olhos de Arles brilham, nas mangas de Saga há sangue!

-"Poderá, poderá ser, ser Saga?..."

-"Agora todos podem se retirar." Diz o mestre. Aiolos faz a mesura adequada.

-"Saga, pode vir a meu quarto?"

-"Arles, qual é o problema?" 

-"Quero falar contigo..." 

Saga demonstra que sua impaciência e sai. Arles está em seu quarto pensando no invasor. -"O Santuário está cercado por campos de força. A exceção dos Cavaleiros, ninguém mais pode passar. Se o invasor for um Marina de verdade também passaria pelo campo de força... mas, e se foi um Cavaleiro? ... E Saga chegou tão tarde, e sua manga.. tinha sangue, ou não vi bem?..." - Neste momento batem à porta. Saga entra no quarto de Arles. Nos olhos de Saga há uma luz estranha, Arles não nota isto enquanto Saga se põe a sua frente. 

-"Que é isto?"

Repentinamente Arles se dirige a Saga segurando sua mão direita e levantando sua manga.

-"Que? O que está fazendo?" - Saga se espanta com isto. Arles ve que o braço de Saga está ferido pela Espada Sagrada Excalibur. -"Isto é... Saga, somente eu sei disto. Se ainda tem algum pensamento malígno, agora te sugiro que o esqueça."

-"Wooo woooo..... Arles, se não fosse tão inxerido, teria uma vida mais longa..." 

-"Que?" 

A cor dos olhos de Saga se torna um vermelho impiedoso. Sua personalidade é de uma pessoa completamente diferente. -"Que eu não tenha pensamentos malígnos? Isto é pelo Cavaleiro de Gêmeos Saga, que tomará o lugar de Athena e reinará no mundo. Eu acabo de matar um Marina e tomei suas Escamas... Já sabe o suficiente. Este é o ataque mais poderoso de Saga, EXPLOSÃO GALÁCTICA!!!"

Saga lança seu golpe e Arles morre. Saga vê o corpo de Arles e ri friamente: -"Haha... De agora em diante, eu serei Arles!" - Saga põe a máscara de Arles. -"O Cavaleiro de Ouro de Gêmeos já se foi. [vigiar Poseidon, n/t]. Devo esperar o momento adequado para me livrar do Mestre, e se Athena morrer também. O Santuário será meu! Hahahaha."

Capítulo III
A Vinda 
 

Um ano depois, sob a Estátua de Athena, Athena chegou. Vindo para desejar bem a deusa, Shura regressou ao Santuário após um ano. Depois da morte do Mestre, e dado que ainda não havia se elegido um novo Mestre, no lugar do Patriarca, Arles está no poder. Na verdade, Saga. Arles diz a Shura suavemente: -"Aiolos planeja matar Athena. Shura, quero que o detenha."

-"Qu.. que? É impossível! Aiolos não é esse tipo de pessoa."

-"Então não importa o que aconteça com Athena?"

-"Claro que não. Somos Cavaleiros que juramos proteger Athena e livrar a Terra de todo o mal."

-"Claro, não pense isso, Shura!"

Shura está indeciso. Não pode crer que Aiolos faria algo tão estúpido.

-"O Cavaleiro de Ouro de Sagitário pode ser substituído, Athena não, Shura!"

-"Então, porque não perguntamos a Aiolos?

-"Estúpido..."

-"Que?"

-"Perguntaria a ele: -'Quer matar Athena?' e tu achas que alguém responderia: -'Sim!'?"

-"..." - O coração de Shura é como um espelho que acaba de se quebrar pelas palavras de Arles.

Esta noite o bebê Athena está dormindo junto a Estátua de Athena. Uma sombra se aproxima dela. O jovem bebê não sabe que está em perigo. A sombra leva uma pequena adaga e porta um elmo. Com a pouca luz que há ali vemos a Arles (Saga).
Arles ce aproxima da cesta e levanta a adaga. Athena, que nada sabe, está dormindo. Na luz a adaga brilha. 

-"MORRA ATHENA!"

A adaga desce velozmente a Athena. Instantes antes de que Athena fosse apunhalada, a mão de Arles é detida por alguém.

-"Ah! Você, Aiolos!"

-"Arles, vossa alteza, o que faz? Está consciente?

-"Maldição, solte-me!" -Arles recua um passo atrás de Aiolos e trata de tentar matar Athena novamente! Mas desta vez Aiolos toma a criança em seus braços. Athena não chora. 

-"Arles, vossa alteza, esta criança é a reencarnação de Athena que nos é dada por Deus somente uma vez em centenas de anos! Por que?"

-"Não interfira, Aiolos!"

-"Por favor, pare!" 

Aiolos golpeia Arles. O golpe acerta Arles em sua mão e a adaga cai ao chão, como também a máscara que portava.

-"Como é possível?" - Aiolos ve o rosto de Arles e fica chocado. -"Saga, como...?"

-"Wooo wooooo... Você viu, Aiolos... Aqueles que vêem minha verdadeira face não sobreviverão. Morra com Athena!!!", Saga lança um ataque com seu punho direito. Seu golpe faz juz ao nível de um Cavaleiro de Ouro e vai diretamente a Aiolos. Ele, que mantém em braços a pequena Athena, somente desvia do golpe. O ataque de Saga atinge a parede. -"Venham! Aiolos é um traidor" - E Aiolos corre para salvar a si e Athena.

Saga pretende passar-se denovo por Arles. Reune a todos os Cavaleiros e os guardas. Frente a eles, Saga diz que Aiolos tentou matar Athena e os ordena que busquem a Aiolos e o matem. Shura após ouvir isto cre que tudo o que Arles havia dito está certo. Ele também logo começa a caçada. -"Aiolos, porque você fez isso?" - Shura persegue Aiolos. Na mente de Shura, a idéia de que Aiolos é seu irmão desaparece.

Aiolos vem segurando Athena. Também carrega consigo a caixa da Armadura Dourada de Sagitário e sai fugindo do Santuário. Aiolos de repente para. Shura sai ao seu encontro.

-"Aiolos, acredita mesmo que escaparia sem perigo?"

-"Espere! Shura, me escute!"

-"Chegamos a este ponto, e agora quer se explicar? Esse não é você. Terei que matá-lo, usando o presente sagrado de Athena, a Espada Excalibur!" 

O Jovem que amava Aiolos como um irmão já não existe. Excalibur está repleta de lágrimas de Shura e o chão é deixado com algumas marcas...

1